26/06/2012

Antes, frente a dor que cega os olhos
tudo o que sentia era remorso por essa vida sem sentido.
Queria que a levassem,
queria sentir a fria lâmina da foice sepulcral.
Hoje, frente à dor, eu abro os olhos e peço
'me deixe sofrer no planeta imundo,
na terra dos vermes.
Mas não me leve
não agora...que a encontrei.'


Meu namorado quase faz poesia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário